Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Palavras chave

Últimos assuntos
Janeiro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031     

Calendário Calendário

Parceiros


Meditação em Ação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Meditação em Ação

Mensagem por Desperte Consciente em Qua Set 12, 2012 7:59 pm

Quero Compartilhar com vocês Leitores que estão sempre Aqui Presentes , este pequeno trecho do Livro de ''OSHO - O Livro dos Segredos'', que ensina uma forma totalmente diferente ( pelo menos para mim foi uma técnica nova e muito eficaz ) de Meditação em Ação que na pratica é basicamente retornar os sentimento tipo , raiva , ódio, sexo etc.. De Volta a Fonte de onde eles Vem. Leia o texto para entender um pouco mais, ele pode estar chegando para você em um Momento Crucial ! Confira:

''Isto é algo paradoxal:
Os assim chamados ''santos e sábios'' ficam falando sobre a paz e contra o sexo. Vão criando uma atmosfera anti-sexo e, ao mesmo tempo, ficam dizendo que o mundo precisa de paz, não de guerra. Isso é absurdo. Os hippies estão mais certos. O slogan deles está certo: ''Faça amor; não faça guerra''. Isso está certo. Se você puder fazer mais amor, na verdade NÃO PODERÁ fazer guerra. É por isso que as pessoas chamadas de saniasins, que suprimiram o sexo, serão sempre violentas, irritadas - irritadas por nada; apenas zangadas, violentas, prontas para explodir. Toda a energia delas está-se movendo sem expressão. A menos que a energia volte para a fonte, nenhum brahmacharya - nenhum celibato real é possível. Você pode reprimir o sexo; e então ele se tornará violento. Se a energia sexual descer para o centro, você será exatamente como uma criança.
A criança tem energia sexual - mais do que você, mas ainda está na fonte. Ainda não se moveu para o corpo. Ela se moverá. Quando o corpo estiver pronto, a energia se moverá. Por que uma criança parece ser tão inocente? A energia está na fonte; não se moveu. Novamente a mesma coisa acontece quando alguém se Ilumina: a energia toda se move para a fonte e a pessoa fica como uma criança. Isso é o que Jesus quer dizer quando afirma ''Só aqueles que forem como crianças poderão entrar no meu Reino de Deus''.


O que significa isso? Cientificamente, significa que sua energia inteira voltou para a fonte. Se você a expressa, ela vai para fora. E, expressando-a, você está criando um hábito para a energia sair, para ela ser liberada. Se você a reprime, então a energia não se moveu nem para a fonte nem para fora: fica suspensa. E uma energia suspensa é uma carga. É por isso que, se você realmente exprime a raiva, sente-se aliviado. Se usa o sexo, sente-se aliviado. Se destrói alguma coisa, seu ódio é liberado e você se sente aliviado. Por que é sentido esse alívio? Porque a energia suspensa é uma carga pesada. Sua mente fica anuviada por ela. Você tem de jogá-la fora ou permitir que ela volte à sua fonte original: só existem estas duas possibilidades. Se ela volta à fonte, torna-se amorfa. Na fonte, a energia não tem forma. Por exemplo:
A eletricidade é amorfa. Quando está em uma lâmpada, toma uma forma diferente. Você pode usá-la de mil maneiras. A energia é a mesma. A forma é dada pelo mecanismo no qual ela se move. A raiva é um mecanismo; o sexo é um mecanismo; o amor é mecanismo; o ódio também. Quando a energia se move pelo canal do ódio, torna-se ódio. Se a mesma energia se move pelo canal do amor, se tornará amor. Mas, quando ela se move para a fonte, é uma energia sem forma - energia pura. Não é ódio nem amor, nem raiva, nem sexo: simplesmente energia. Então é inocente, porque a não-forma é inocência absoluta. Por isso é que Buda parece tão inocente - como uma criança. A energia se moveu para a fonte.
Não exprima, porque estará desperdiçando sua energia e ajudando a outro a desperdiça-la também. Não á reprima, porque então estará criando um fenomeno suspenso que terá de ser aliviado. Então, o que fazer?

Esta técnica diz para não fazer nada com o sentimento em si. Volte para a fonte de onde ela vem. E quando a sensação ainda está quente, o caminho é claro, internamente visível. Você pode se dirigir para ele. Use os sentimentos para meditar. O resultado é milagroso, inacreditável. E, uma vez que você encontra a chave que mostra como canalizar a energia de volta para a fonte, você tem uma qualidade diferente de personalidade. Não está mais desperdiçando coisa alguma. Então isso parecerá estúpido.

Buda disse que, sempre que você está zangado com alguém, está punindo a si mesmo pela má ação do outro. Ele o insultou: Essa façanha é dele. E você está se punindo ao ficar zangado; está dissipando a sua energia.
Isso é estúpido, mas então, ao ouvir Buda, Mahavira ou Jesus, começamos a reprimir: começamos a reprimir nossa energia; pensamos que isso não é bom - que é estúpido ficar com raiva. Então, o que fazer? ''Reprima'' a raiva. ''Não fique'' zangado. ''Controle-se; feche-se''. Lute com sua raiva e ''reprima-a''. Mas então você estará sentado sobre algo que explodirá a qualquer momento. Estará sentado em um Vesúvio: ele explodirá a qualquer momento.

Você fica coletando; a raiva do dia inteiro é coletada; a raiva do mês inteiro, a raiva do ano inteiro e a raiva da vida inteira é coletada; depois a raiva de muitas vidas é coletada. Está toda aí; pode explodir a qualquer momento, qualquer coisa pode acontecer e você explodir. Você fica com medo. Cada momento é uma luta interior.
Os psicólogos dizem que é melhor expressar do que reprimir, mas a religião não pode dizer isso. A religião diz que ambas as coisas são tolas. Exprimindo, você está magoando o outro e a si próprio também. Reprimindo, você está se magoando e algum dia magoará alguém. Dirija-se á fonte, a fim de que a energia caia de volta na fonte e fique sem forma. Então, você se sentirá muito poderoso sem ficar zangado. E sentirá a energia - a energia vital: você estará vivo. Terá uma vida intensa sem formas. Qualquer pessoa ficará impressionada apenas com a sua presença. Não precisará dominar ninguém: bastará a sua presença e eles sentirão que alguma fonte de poder chegou.
Sempre que alguém vai a um Buda ou a um Krishna, de repente sua energia sente uma alteração de clima porque a fonte de poder é imensa. No momento em que se aproxima, você fica magnetizado. Ninguém o está magnetizando, nínguem está tentando coisa alguma. Existe apenas a presença. Você pode sentir que alguém o hipnotizou, mas ninguém está fazendo isso. A presença de um Buda, cuja energia se tornou amorfa, cuja energia foi para a fonte, que está centralizada em sua fonte, a própria presença dele está hipnotizando. Torna-se carismática.
Buda Iluminou-se. Antes de sua Iluminação, ele tinha cinco discípulos - ANTES .Eram ascetas - e quando o próprio Buda era um grande asceta, torturando seu corpo de muitas e muitas maneiras, inventando cada vez mais técnicas sádicas para se torturar, esses cinco discípulos eram seus seguidores ardentes. Então Buda sentiu que tudo isso era absolutamente absurdo. Só pelo fato de torturar seu corpo a pessoa não irá jamais se Realizar. Quando ele compreendeu isso, deixou suas maneiras ascéticas. Esses cinco seguidores o abandonaram imediatamente. Disseram: ''Você caiu. Você não é mais um asceta''. E o abandonaram.
Quando Buda se Iluminou, a primeira idéia que lhe veio à mente foi a respeito desses cinco seguidores. Uma vez que tinham sido seus seguidores, ele deveria ir até eles. Ele se sentia em débito. Precisava achá-los e contar-lhes o que havia encontrado. Assim, ele os procurou e viajou por Bihar, desde Bodh Gaya até Benares, apenas para encontra-los. Eles estavam em Sarnath. Buda jamais retornou a Benares, nunca mais voltou a Sarnath, porque viera somente por causa desses cinco discípulos.
Ele chegou a Sarnath. Estava anoitecendo, o sol se pondo, e os cinco ascetas estavam sentados em uma pequena colina. Viram Buda chegando e disseram: ''Aquele Gautama Buda decaído, aquele Gautam Siddharth que saiu do caminho vem vindo. Não lhe devemos ter respeito. Não devemos ter o menor respeito por ele.''
E então fecharam os olhos. Buda chegava cada vez mais perto e os cinco ascetas começaram a sentir uma mudança - uma mudança de mente. Sentiram-se inquietos. Quando Buda chegou bem perto, de repente todos os cinco abriram os olhos e caíram a seus pés. Buda disse: ''Por que estão fazendo isso? Vocês decidiram não me respeitar, então por que estão fazendo isso?''

Eles responderam: ''Não estamos fazendo. Está acontecendo. O que foi que conseguiu? Você se tornou uma força magnética. Estamos apenas sendo atraídos. Que está fazendo conosco? Você nos hipnotizou?'' Buda disse: ''Não, nada fiz a vocês, mas algo aconteceu dentro de mim. Todas as energias foram para a fonte. Por isso, aonde quer que eu vá, subitamente uma força magnética é sentida.'' É por isso que aqueles que são contra Buda ou Mahavira seguem dizendo, por séculos, que aquele homem não era bom; ele hipnotizava as pessoas. Ninguem esta hipnotizando. Você é que fica hipnotizado: isso é outra coisa. Quando sua energia volta para a fonte original, você se torna um centro magnético. Está técnica é para criar esse centro magnético em você.''


De uma passadinha no Blog , Sempre Tem Novidades para nosso Despertar Interior! Namastê!Desperte Consciente

Desperte Consciente
Admin

Mensagens : 3
Pontos : 9
Data de inscrição : 12/09/2012

Ver perfil do usuário http://desperteconsciente.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum